Passeio de Trem – Curitiba / Morretes

>> 06/09/10

São 110 quilômetros viajando pela maior área preservada de Mata Atlântica do Brasil, por uma ferrovia com 125 anos de história. O Trem da Serra do Mar Paranaense parte diariamente de Curitiba rumo à cidade de Morretes e aos domingos chega também em Paranaguá. 
São aproximadamente 3 horas de viagem.

 A empresa responsável pelo o passeio é a Serra Verde Express.
 
 As categorias disponíveis são:

Econômica: Bancos de plástico e sem serviço de bordo. (R$39,00 a ida)

Turístico: Vagão de classe intermediária com bancos “levemente” estofados, serviço de bordo com kit lanche e guia. (R$66,00 a ida)

Executivo: Vagão com janelas maiores, serviço de bordo com kit lanche diferenciado e guia bilíngüe. (R$96,00 a ida)

Camarote: 6 cabines exclusivas com 8 lugares cada e 1 cabine com 4 lugares, serviço de bordo com kit lanche diferenciado e guia bilíngüe. (R$300,00 para 04 pessoas e R$500,00 para 08 pessoas)

Litorina de Luxo: Poltronas de couro e sofás de veludo, bar no interior do vagão com champagne, água, refrigerante e cerveja. Guia bilíngüe, (R$270,00 a ida)

Dependendo do valor é possível parcelamento em até 06 vezes.

Estas informações são do site da Serra Verde Espress, para maiores informações entre no site, la é possivel ver valores para volta e horários de partida do trem.



 Acordamos cedinho no sábado, nos informamos com a recepcionista do hotel como chegar a Rodoferroviária, caminhamos 8 quadras, pegamos um ônibus(famoso ligeirinho) e finalmente chegamos a Rodoferroviária.

Fiz reserva da categoria turística pelo site, mas pelo jeito a tal reserva não serve de muita coisa, pois não me perguntaram nada quando compramos as passagens.
Decidimos por ir de trem até Morretes e depois voltar á Curitiba de ônibus.

É possivel ir e voltar de trem, ou então ir de ônibus até Morretes e depois voltar para Curitiba de trem.
Há a opção de voltar á Curitiba de van, serviço informal que é oferecido no saguão da ferroviária, pelo valor de R$30,00 em média

 O Valor do ônibus de Morretes a Curitiba é R$12,78. 
 Minha dica é comprar a passagem na rodoviária de Curitiba antes de embarcar no trem, ou comprar pela internet no site da Viação Graciosa, para não correr o risco de chegar na rodoviária de Morretes e as passagens estarem esgotadas.
Nós não sabíamos que corriamos este risco, foi nosso guia no trem que nos disse para compramos as passagens assim que chegarmos a Morretes, pois acontecia de esgotar as passagens de ônibus e as pessoas acabarem tendo que voltar de trem ou táxi até Curitiba.

 Saímos correndo do trem quando chegamos a Morretes, fomos as primeiras a chegar na rodoviária, atrás de nós a fila ficou enorme.
Havia disponível ônibus das 12:30h, mas escolhemos o das 14:30h para podermos almoçar e conhecer a pequena Morretes.

 O passeio de trem demorou as 3 horas conforme previsto, o trem vai tão devagar que chega a dar sono em algumas partes da viagem, só as paissagens lindas pelo caminho para manter os olhos abertos.
O passeio é lindoooo!!!
 Altamente recomendando não ir na categoria econômica, pois o guia faz toda a diferença na viagem, ele diz o momento exato que o trem passa pelos pontos altos da viagem.


 Em Morretes almoçamos no restaurante Estação Graciosa (Rua Conselheiro Sinimbu, 271), depois caminhamos pelas ruas de Morretes.

 Em todos os restaurantes o prato em destaque é o Barreado.
 O prato consiste em uma carne cozida, servida com arroz e farinha de mandioca. O segredo na preparação é o tempo de cozimento na panela de barro - cerca de vinte horas - o suficiente para desfiar toda a carne. Depois de cozida, as fibras da carne se soltam resultando em um caldo grosso e saboroso. Para manter o sabor da carne é preciso vedar a panela com uma massa de farinha e água, um barro preparado para manter o vapor dentro da panela. Tradicionalmente é servido com frutas, principalmente com bananas.

Nós não comemos o Barreado, escolhemos o filé com fritas de sempre.

A cidade é limpa e acolhedora, mas sem muitos atrativos, em 2 horas deu para almoçar e conhecer a cidade.

A viagem de ônibus até Curitiba durou 1h30min.
Dormimos quase que o tempo inteiro e quando chegamos em Curitiba ainda estávamos cansadas, o plano inicial era ir até o Jardim Botânico, mas o sono e a preguiça nos venceu, fomos para o hotel tirar mais um cochilo.




Trem passando por um dos túneis





Embalagem do kit de bordo


Kit de bordo

Praça de Morretes
Almoço no Restaurante Estação Graciosa
Morretes


Jantar no Restaurante Scavollo - Curitiba

Rua Emiliano Perneta, 924 - Batel - Curitiba
A ideia inicial era ir ao Restaurante Madalosso, mas decidimos por experimentar o fondue de Curitiba.
O ambiente é muito agradável e o atendimento não deixa a desejar.
Gostamos do fondue, afinal fondue é sempre fondue!!!
Mas os que já experimentamos na Serra Gaúcha são melhores.


                                                                 




4 comentários

4 comentários:

Anônimo,  25 de setembro de 2010 13:56  

Adorei a sua dica, to indo a Curitiba nesse feriado de 12 de outubro. bjoss

Joice 25 de setembro de 2010 14:29  

Oi Anônimo! Hehehehe

Este passeio vale muito a pena!!!
Hoje terminarei de postar minhas dicas de Curitiba, com o post sobre a linha turismo.

Selma 3 de outubro de 2010 21:31  

o preço da cabine é de ida e volta?

Joice 3 de outubro de 2010 21:39  

Oi Selma!

Os valores que eu mencionei é apenas para a ida.

Neste link tu podes verificar os valores para ida e volta.

http://serraverdeexpress.com.br/serra/tarifas

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

  © Blender DMP

Voltar para TOP